O vinho certo, com o sommelier Rodolfo Tristão

O vinho certo, com o sommelier Rodolfo Tristão
30 dezembro 2021

Para cada situação há (pelo menos) um vinho à altura. O sommelier Rodolfo Tristão, professor na Escola Superior de Hotelaria do Estoril e consultor de gastronomia e vinhos, ajuda a desfazer dúvidas e indecisões festivas. 


Um vinho para impressionar um pai (ou sogro) que sabe tudo sobre vinho

Três alvarinhos. O Casa de Canhotos, de perfil mais recente: não tão exuberante, mais mineral, mais fresco. O Quinta de Santiago, com toque mais floral, mais entusiasmante no aroma. E o Ensaios Soltos, uma visão do Márcio Lopes sobre o alvarinho. Muito bem feito, equilibrado, nada de muito floral ou frutado, mas uma vertente mais fresca e mineral.

A companhia certa para uma mesa de queijos

O Encosta da Capela Alvarinho 2020 é bastante fresco. E o Dom Ponciano Alvarinho também funciona bem com queijos. É a frescura, a mineralidade, mas acima de tudo a acidez que a região transmite, para equilibrar a untuosidade dos queijos. Ou então, numa perspectiva diferente, o Thyro, um arinto frutado, elegante, com boa frescura.

O vinho para um serão à lareira

O Dona Paterna Alvarinho 2004 tem aromas e estrutura totalmente diferentes daquilo que se associa a um vinho da região: mais intenso, estruturado, volumoso, ideal para as conversas à lareira. É um vinho que descontrai, mas que também nos faz pensar: como é que aguentou tanto tempo? O Soalheiro 2008 também é fantástico, tal como o Quinta do Regueiro Jurássico, que vai misturando vários anos. Para beber à lareira, são estes vinhos com identidade, intensidade, muita estrutura, que funcionam bem.

Link Notícia Singular: https://www.publico.pt/2021/12/08/edicoes-publico/perguntaserespostas/vinho-certo-rodolfo-tristao-1986181

a pesquisar